Sorrindo no banheiro

Quem já trabalhou no RH de empresas grandes muito provavelmente já passou pelo drama da eleição da CIPA.

CIPA significa Comissão Interna para Prevenção de Acidentes e é uma comissão formada por funcionários eleitos e funcionários indicados pela empresa com o objetivo de prevenir acidentes de trabalho (de forma simplificada). A CIPA é obrigatória por lei em empresas que tenham mais que x funcionários (não lembro quantos agora).

A grande pegadinha da CIPA é que os membros eleitos pelos funcionários têm estabilidade de dois anos, só podendo ser demitidos por justa causa. Eu digo pegadinha porque o existe um número assustadoramente grande de maus funcionários que se candidatam para a CIPA com o objetivo único de garantir sua estabilidade, assim como existem os que realmente estão interessados em participar.

Essa história se passou em uma época de eleição para a CIPA. Como em toda campanha política (sim, porque os candidatos fazem campanha), todo mundo que estava tentando ser eleito começou a se vender. Teve gente que fez santinho, mandava emails, dava presentes, todo tipo de coisa. Algumas dessas pessoas com a simples e única intenção de ganhar a tal estabilidade de dois anos.

Nesse clima gostoso, alguns diretores da empresa começaram a ficar preocupados e vieram me perguntar se eu aceitaria me candidatar, assim eu poderia tirar a possibilidade de um desses vigaristas ganhar. Claro que eu não queria. A CIPA é o maior trampo, tem que fazer reunião, relatório, reportar coisas, é todo um trabalho, mas não tive muita opção.

Como eu estava me candidatando por um motivo nobre, eles me prometeram que eu não precisaria fazer campanha e pediram para o nosso técnico de segurança do trabalho, uma pessoa fantástica que eu já apresentei em um post anterior, faria todo o trabalho por mim. Beleza, achei ótimo, voltei pro meu trabalho sem tomar conhecimento do que iria acontecer.

No dia seguinte um dos diretores entrou na minha sala, olhou para mim e disse “o pessoal tá mijando olhando pra você lá no banheiro masculino”… gente, o cara da segurança do trabalho tinha feito cartazes com uma foto minha super sorridente e colado logo acima dos mictórios!!!!!!!

E foi assim que acabou a minha primeira e única campanha para representante da CIPA. E mesmo assim, infelizmente eu ganhei.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s