O velho conto da mãe que não pode só estar cansada

Semana passada eu fiz um post sobre ser mãe aos 40, contando um pouco do que eu entendo que seriam as diferenças entre ser uma mãe mais jovem e uma mais velha, e também contei que eu estava exausta e com dor nas costas.

Após ler meu texto, uma mulher em um grupo que whatsapp enviou uma mensagem ao grupo dizendo que tinha feito uma postagem no Instagram inspirada pela minha história. Fui lá olhar.

O post dela começava exatamente assim “um relato de uma mãe de 40 anos num grupo de whatsapp que faço parte só não me impressionou, por ser o mesmo que recebo de tantas mulheres no meu dia a dia como health coach. Quanta gente se equivoca achando que é a idade que produz cansaço, que é normal se sentir assim aos 40!!!”

O post segue dizendo que o problema do cansaço era a alimentação… e aí ela começa a vender o peixe dela, uma tal de uma dieta cetogênica. Entendo que esse seja o trabalho dela, vender os serviços e tals, mas por algum motivo que eu só consegui entender hoje, aquele post de uma pessoa estranha (a gente não se conhece) não saía da minha cabeça. Eu até falei o que eu achava nesse grupo em que ela está e discordei do que ela escreveu, mas tinha algo mais, e hoje eu entendi.

O meu incômodo não está fato de ela ter usado o meu depoimento para dizer que os 40 são os novos 30 se você seguir essa alimentação dela, o meu incômodo está na forma como ela reduziu o sofrimento de milhões de mães, de qualquer idade, que estão lutando pra manter a cabeça acima da água durante essa pandemia, à alimentação e usou isso para fazer uma auto propaganda.

Falando por mim, nesse último ano eu morei em duas casas e 4 Airbnbs, estou sem trabalhar, longe de toda a minha família e de todos os meus amigos sem poder encontrá-los, mudei de país com um bebê e dois cachorros, estou sem sair de casa e cuidando da minha filha o dia inteiro, fora a angústia de ver tanta gente morrendo e o medo de que alguém próximo a mim possa morrer também.

Eu sei que existem milhões de outras mães com histórias assim para contar, que como eu estão exaustas, física e emocionalmente. Que não vêem a hora de terem um descanso, que fazem qualquer coisa para conseguir tomar um café em paz, assistir uma série na tv sem ter que pensar na roupa pra lavar, que amam muitos seus filhos, mas não aguentam mais, só que precisam seguir aguentando.

Esse foi só um exemplo recente, mas quem é mãe sabe como as pessoas gostam de dar pitaco. É impressionante a quantidade de pessoas que têm uma opinião sobre o que você deveria ou não fazer, como você pode melhorar, como criar seus filhos e por aí vai.

Se você é dessas pessoas, por favor pare de diminuir o esforço heróico que nós mães estamos fazendo para sobreviver nesse momento. Estamos cansadas, estamos exaustas. E se você quer genuinamente ajudar, pode lavar a nossa louça, porque a gente não precisa de conselho, a gente precisa de descanso. Obrigada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s