Meu nome na boca do sapo

Ou quase isso.

Essa história aconteceu por volta de 2006, quando eu trabalhava na GE Money. A GE Money era o braço financeiro da GE e tinha várias lojas espalhadas por várias cidades do Brasil. Essas lojas faziam empréstimo pessoal, consignado, refinanciamento de veículos e essa coisa toda. Eu era a pessoa que dava suporte de RH para a equipe toda que cuidava das lojas.

Trabalhar em RH é interessante porque a gente acaba sendo erroneamente responsabilizado por decisões que são tomadas por outras pessoas e foi assim que a confusão toda aconteceu.

O gerenciamento dessas lojas era muito difícil porque as áreas de suporte estavam em São Paulo, mas as lojas estavam em umas 100 cidades do Brasil. As lojas eram pequenas, cada uma tinha de 5 a 10 funcionários, alguns terceirizados, o que dificultava ainda mais.

Eu, como a pessoa de RH, estava sempre nas reuniões e participava ativamente do suporte às lojas, conhecia todos os supervisores e muitos dos funcionários e eles me conheciam também. Eu cheguei a visitar a maior parte dessas lojas, viajei pelo interior de SP, sul do Brasil, nordest e até pra Corumbá eu fui (essa visita vale uma história separada). Então eu tinha um relacionamento profissional mais ou menos próximo com esses funcionários.

Mas existia toda uma equipe com diretores, gerentes e vários funcionários que eram quem fazia o acompanhamento do desempenho das lojas. As informações eram diárias, a gente tinha um sisteminha lá que dava pra saber quanto as lojas venderam, de qual produto, quem bateu a meta, quem ficou longe e todo tipo de informação de desempenho necessária para saber quem tava bem e quem não tava.

Uma das lojas não estava batendo a meta e não estava vendendo bem há algum tempo, chances foram dadas, muitas conversas de feedback aconteceram, mas a coisa não ia pra frente, então esse time de pessoas decidiu demitir o supervisor da loja. O chefe dele foi lá e fez a demissão.

O cara ficou puto, xingou, não se conformou, foi um fuzuê todo e, por algum motivo, me culpou pela demissão. Ele disse que eu que tinha colocado coisas na cabeça do chefe dele e que se não fosse por mim ele não seria demitido. Nada disso era verdade e os números estavam lá para provar, mas a gente sabe que o momento da demissão é muito delicado e cada pessoa reage de um jeito, eu nem me preocupei.

No dia seguinte uma pessoa do time de São Paulo foi até a loja (que era em outro estado) para conversar com os funcionários e falar sobre o que iria acontecer. O que eu vou contar agora foi o que essa pessoa me contou.

Chegando lá esse ser humano encontrou os funcionários da loja um pouco assustados, um pouco constrangidos. Estavam todos em pé, parados ao lado do armário aberto do antigo supervisor. Dentro do armário tinha uma bacia.

O paulista não entendeu nada e quando perguntou todos os funcionários apontaram para a bacia. Ele foi lá ver, pegou a bacia na mão e lá dentro tinha sal grosso, pena de galinha, uma garrafinha de pinga e um papel com o meu nome. Tinha um papel com o meu nome!!!!

Gente, o supervisor da loja estava com tanto ódio de mim que fez um trabalho com o meu nome!!! Aí eu fiquei apavorada. Já saí buscando todo tipo de contra feitiço que eu consegui encontrar na internet, banho de arruda com sal grosso, escalda pé com pétalas de margarida, chá de alecrim, só usar calcinha desbotada por uma semana, dar 3 pulinhos em cada esquina que você passa e tudo o mais que vocês puderem imaginar eu fiz. Não sei dizer se aquilo teve algum efeito ou me causou algum mal, eu não percebi nada.

E o conselho que eu quero deixar aqui é, se você for amaldiçoar alguém, descubra quem é a pessoa certa, não deixe uma pobre pessoa de RH apavorada, carregando um alho no bolso por semanas, por causa algo que ela não fez. Você pode não acreditar, mas o RH tem alma e coração. (Mais tarde vim a descobrir que a coisa do alho é contra vampiros, mas fora o cheiro ficou tudo bem).

E o mais triste é que essa história realmente aconteceu.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s